Novidades

Mazola lamenta revés para a Ponte e resume: "Não tivemos atitude competitiva"

15/08/2018

A noite de terça-feira não foi como o Criciúma esperava. Diante da Ponte Preta, em Campinas, o Tigre saiu atrás no placar, mas buscou o empate com um golaço de Alex Maranhão. No entanto, acabou vendo a rede de Belliato balançar mais duas vezes e a derrota ser decretada na 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro: 3 a 1.

Para o técnico Mazola Júnior, faltou ao time catarinense mais atitude diante da Macaca, que entrou no G-4 da Segundona com o triunfo em casa.

- Tentamos de tudo. Devido às situações que aconteceram, os desfalques e as improvisações, tentamos minimizar os problemas. Acho que na primeira parte a Ponte Preta criou apenas na bola parada, mais nada. Fomos pouco agressivos na bola parada. Quase todas as bolas que foram lançadas na nossa área eles cabecearam. Não tivemos uma atitude contra uma equipe que é séria candidata ao acesso, que apostou muito, investiu muito. Aqui dentro, se não tem uma atitude competitiva, as coisas ficam mais difíceis. Acho que não começamos tão mal o jogo assim. Acho que estivemos dentro do nosso alcance, a verdade é essa, não podemos ficar iludindo o torcedor. Fizemos um jogo dentro do nosso alcance, dentro das nossas possibilidades e contra um grande adversário - avaliou o técnico.

Como abriu a 21ª rodada, o Criciúma terá uma semana cheia para se preparar até o próximo compromisso na competição nacional. No dia 21, às 19h15 (horário de Brasília), o Tigre recebe o Coritiba no estádio Heriberto Hülse.


Fonte: GloboEsporte.com / Creditos: Globo Esporte