Novidades

No aniversário do Criciúma, Santa Cruz estraga festa e vence de virada no Heriberto Hülse

15/05/2017

O Santa Cruz estragou a festa de aniversário do Criciúma na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado, o Tigre, que comemorava 70 anos de fundação, buscou um motivo a mais para celebrar a data, mas ficou no quase nas chances criadas pelos seus atacantes e pelo meia Alex Maranhão. Melhor para o Santa, que aproveitou as poucas oportunidades para balançar as redes e garantir os primeiros três pontos da Segundona: 2 a 1.

a próxima rodada, a segunda da Série B, as duas equipes entram em campo no sábado, 20 de maio, às 16h30. O Criciúma viaja a São Paulo para enfrentar o Oeste, na Arena Barueri. Em casa, o Santa Cruz pega o Guarani.

O JOGO
A partida de estreia de Criciúma e Santa Cruz na Série B do Campeonato Brasileiro começou morna. Nos 15 minutos iniciais, os goleiros pouco trabalharam. O primeiro lance de perigo saiu dos pés de Paulinho, que chutou com força de fora da área. Bem posicionado, Júlio César mandou para escanteio. Na sequência, mais uma chance do Tigre, mas sem sucesso. Marlon cruzou, e Diego Giaretta subiu entre os dois zagueiros do Santa para balançar o travessão coral. De tanto insistir, o time da casa conseguiu furar a defesa visitante e abrir o marcador. Aos 45 minutos, Diogo Mateus, com categoria, ajeitou a bola e chutou com a esquerda direto na rede.

Sem mudanças, os dois times voltaram no intervalo com metas claras. Pelo Criciúma, a ideia era ampliar o marcador e ficar ainda mais perto da vitória. Enquanto isso, o Santa almejava o empate logo nos primeiros minutos. E conseguiu. Aos seis, Vitor aproveitou falha de Douglas Moreira para igualar o placar. Mais tarde, em dividida com Ricardinho, o autor do gol sofreu uma lesão na perna direita e deixou o campo mais cedo.

Assim como na etapa inicial, o Carvoeiro teve mais posse de bola e chances, mas a bola não entrou. Como manda o ditado: quem não faz… Aos 41 minutos, William Barbio teve espaço, invadiu a área e chutou cruzado, um canudo, sem chances para Edson. Fim de jogo: 2 a 1 para o Santa Cruz.

Fonte: http://globoesporte.globo.com / Creditos: